Perdoe-me por tudo o que ainda não fui

Sou hoje, tudo aquilo que nunca me definiu,
porque a mudança é imprescindível pra se existir.
Um homem não pode entrar duas vezes no mesmo rio.
E ainda que por algum motivo viesse a ser o mesmo rio, jamais haveria de ser o mesmo homem.
Sendo assim nada nunca poderá atravessar duas vezes o mesmo eu.
Eu trai tudo o que um dia jurei e fui
essa era a única maneira de nunca deixar de continuar a ser eu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s