Para curar a amargura

para curar

 

Gosto de café e o prefiro em sua pureza amarga. Não o adoço de jeito nenhum, porque o melhor sabor dele se perde. Contido, café é uma deliciosa exceção, já que não gosto de mais nada amargo – sobretudo pessoas.

Pessoas amargas não são deliciosas. Deliciosos são brigadeiros, por isso estão sempre adoçando festas. Já pessoas amargas nem em festas vão, ficam em suas casas imaginando como os salgados e os assuntos estão ruins.

Gosto de pessoas e prefiro as mais doces. Entendo que as circunstâncias da vida, de tão amargas, comprometem sua doçura. Nem sempre é fácil tomar um gole de amargura e adoçar em seguida.

Não é fácil, mas é possível.

A amargura esbarrará em você, mas não precisa deixá-la te atropelar. Você pode frear uma careta com um sorriso. No fundo, depende de qual vida você quer levar. Braços podem dar socos ou abraços, como quer usar os seus?

Se quiser uma vida com leveza, seja leve. Se quiser uma vida com bondade, seja bondoso. Se quiser uma vida amável, seja amoroso. A vida que se quer depende de como se age. E isso não tem a ver com recompensa, como numa relação de troca.

Trata-se de adicionar à vida seus temperos preferidos, dando a ela o sabor que se quer. Em outras palavras, ser no mundo aquilo que você gostaria que o mundo fosse. Ser o protagonista de atitudes positivas mesmo diante de situações negativas.

Quando a vida não for amável, continuar respondendo amavelmente a ela,
porque se quer que o amor vença. Quando a vida não for justa, continuar procurando a justiça, porque se quer que a justiça prevaleça. Quando a vida não for doce, manter a doçura, porque se deseja um mundo mais doce.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s