Merda e sapatos

 

merda e sapatos

 

Esse é o problema das pessoas

Todos estão santos demais

Todos estão perfeitos demais

Estão lá para te observar

Olhar os seus sapatos sujos de merda

Criticam, falam dos seus hábitos

Dos seus cigarros

Do seu comportamento e vocabulário

Mas na verdade o que choca

É que você não deseja limpar a merda dos seus sapatos

Não deseja sapatos novos terrivelmente brancos

Eles desejam a sabedoria dos que andam pela realidade

Pois são eles que sabem viver

Esses malditos cheios de cicatrizes

Com os sapatos cheios da merda do caminho

Esses são os sábios

Pois eles sabem reconhecer uma pequena luz

A pequena felicidade sorri para esses pecadores

E por não precisar de plateia

Eles são livres

E caminham triunfantes pela tragédia

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s