Não me faça promessas

não me faça

 

Bola de ferro, presas por corrente e cadeado ao calcanhar. O risco de viver fazendo promessas é tornar-se escravo delas. Como ninguém quer estar preso, assim que a promessa começa a pesar a pessoa se livra e vai embora.

Aqui está a ironia: ninguém é obrigado a fazer promessas. Por que, então, fazê-las? É como condenar-se ao inferno – porque poderia ser essa a danação, falar, falar, prometer, prometer e nunca agir, nunca realizar. Viver eternamente de frustração em frustração.

A promessa é uma armadilha do amor romântico. Mas o que é o amor romântico? É aquela ideia de príncipes e princesas que se encontram num episódio mágico e que vivem felizes para sempre, num mundo encantado. Quantas mentiras numa sentença só.

Realmente me intriga nossa admiração por coisas que nos enganam. Parece que quanto mais mentirosa uma história de amor, mais nos apegamos a ela. É uma fuga da realidade desencantada que vivemos dia a dia.

Acontece que para lidar com as pessoas de maneira verdadeira, sobretudo com aquelas que amamos, precisamos de verdade. Precisamos encarar a rotina, como ela é: sem magia, sem príncipes, sem princesas e sem para sempres.

Quando falamos para uma pessoa que vamos amá-la para sempre, estamos tentando reproduzir o mundo mágico, onde o para sempre existe. A verdade, porém, é que para sempre é lugar nenhum – e na melhor das hipóteses, ainda que seja um lugar, nenhum de nós tem a menor ideia de onde é ou de como chegaremos lá. Ou seja, prometer amor para sempre é uma promessa falsa e cômoda, porque tem pouca aderência com a realidade.

A mim não interessa amores encantados. O que me chama atenção é o amor entregue diariamente, com toda sua luta e comprometimento. Não quero que seja mágico, quero que seja real. Não me jure amor eterno, jure-me amor até o fim do dia. O amor para sempre é fantasia para os descomprometidos. O amor diário é para os corajosos que conseguem voltar para casa com o coração inteiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s