Todas as luzes irão se apagar

 

luzes

 

 

 

Às vezes eu me esqueço, eu sei, esqueço que tudo é transitório, esqueço que eu e você iremos desaparecer engolidos pelo tempo, tenho 35 anos e eu me esqueço desse fato tão básico, tão primário. Só posso te amar hoje. Às vezes vivo como se eu fosse eterno, um pequeno herói desafiando o tempo e eu não sou e nem desejo ser, os heróis são solitários e eu? Eu desejo permanecer ao seu lado antes da luz da minha existência ser apagada.

Tenho mil defeitos e inseguranças, quero que você conheça todos e espero que não fique assustada, espero que sua luz ilumine as minhas sombras e que você me deixe entrar nas suas sombras, esse é o meu desejo, conhecer o seu lado secreto, esse que poucos viram, quero entrar nesse quarto escuro dentro de ti, sentar no assoalho e contemplar o teto sem estrelas, beijar teu caos, antes das nossas luzes se apagarem.

E que essa seja a única promessa, a única declaração de amor, pequena, mas suficiente para nos mostrar o caminho de volta, pois o amor cresce na escuridão e que nas minhas sombras brilhe uma pequena luz, pequena, mas suficiente para nos levar para casa, antes das luzes serem apagadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s