amar é cuidar.

Não. Cuidar não significa esconder. Guardar. Desejar somente para si. Cuidar está muito longe de ser estes estranhos egoísmos. Cuidar, de verdade, é estar presente – não apenas em corpo, mas também em pensamento. É segurar os dedos suados em uma noite de febre. É pensar sempre no respeito devido. É lembrar, a todo instante, a escolha que alguém fez de estar ao nosso lado e como honramos isso. Cuidar é permitir ser livre. É ouvir nos dias tristes. É não mentir, mesmo quando for preciso. Todos nós temos as nossas angústias. As nossas dúvidas. Todos nós temos os momentos onde desejamos ficar sozinhos. Cuidar é também lembrar que, quando vivemos cada um destes instantes, há alguém ali. Alguém que merece a nossa consideração. O nosso respeito. O nosso cuidado, mesmo quando em silêncio. Mesmo quando não for exigido. Porque acredite: quem ama, cuida. E quando alguém não cuidar, dificilmente encontraremos amor ali.

1 comentário

  1. Atender, curar e escrever nos traduzindo é um cuidar entre sinônimos e antônimos das palavras que fazem tão bem!!! Lindo! E verdadeiro o seu texto Matheus Jacob😘💗💗👏🏼👏🏼👏🏼
    Obrigada! Por existir nos escritos que tocam em minha alma💐🌹😍

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s