Para a moça que carrega uma tristeza.

Screen Shot 2018-02-27 at 9.37.52 PMPesa, eu sei. Pesa muito. Faz arquear as costas e contrair os ombros. Faz até mesmo fechar os olhos e sequer sobra algo do nosso ar. É uma tristeza. Uma tristeza tão difícil de se carregar. Então, respire. Coloque-a em cima da mesa. Sinta-a, com seus dedos. Abra-a, pouco a pouco, sem medo. Desfaça alguns nós necessários. Talvez esta seja a parte mais difícil. Porém, não se afobe. Não se apresse. Respire. São nós apertados. Solte-os. Depois, livre-se de tudo que envolva aquela dor. As mágoas. Feridas antigas. Sonhos despedaçados. Amasse-os e arremesse na lixeira. Não há problema se errar. Outros tratarão de vir. Por fim, abra a caixa do passado e deixe voar tudo o que precisa. Deixe partir. Então, quando não sobrar nada além de um leve vazio na mesa, reabra os olhos. É hora de sorrir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s