Postar stories não é viver.

viver

Viver não é somente postar stories. Talvez alguém me acuse de parecer um velho e ressentido filósofo ao expressar estas palavras. Bem, talvez eu seja. Outros poderão me acusar de hipocrisia. Afinal, eu também já postei os meus. Mas esta mesma navalha serve também para os meus atos. Eu os encaro no espelho. A verdade? Nós não somos capazes de registrar a vida e contemplá-la ao mesmo tempo. Contemplá-la, aqui, significa vivê-la. Não posso fotografar a torta e comê-la. Pelo menos não no mesmo instante. Não posso retratar uma peça de teatro, um pôr do sol, um beijo e estar inteiramente presente no momento. O mesmo vale até mesmo para os nossos devaneios e pensamentos. Acreditamos falar para centenas e milhares de pessoas. Porém, não conversamos com ninguém. Para Sócrates, a vida não analisada não merecia ser vivida. Para nós, parece que a vida não compartilhada é a que não tem valor. Mas acredite: postar stories não nos preenche. Talvez, inclusive, apenas nos esvazie.

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s