Eu prefiro ser errado, mas sempre ser verdadeiro.

erradoErrado? Talvez.

Por seguir os meus desejos. Os meus sonhos. E até mesmo por não ter medo de admitir os meus medos. Doces ironias. Ser ‘errado’ por ser quem eu realmente sou, enquanto tantos outros se escondem atrás de acertos. Mas, no fundo, confesso: eu prefiro ser errado, mas sempre ser verdadeiro.

Eu prefiro magoar com a verdade do que acariciar com mentiras. Eu prefiro me despedir ou me despir, sempre de acordo com os meus mais sinceros desejos. Não fico por ficar. Não parto apenas para poder dizer que parti. Prefiro permanecer e errar. Prefiro ir e talvez me arrepender.

Eu escolho sofrer (e crescer) por buscar a verdade, do que encontrar um efêmero e ilusório prazer ao evitar o dessasossego. Eu posso sempre não acertar. Eu posso ver o mundo tantas vezes me apontar os dedos.

Porém, algo é certo: no final de cada dia, sou capaz de encarar o espelho.

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s