Quantas cidades cabem dentro de mim?

Foi quando ela me disse:
– Eu quero voltar para a cidade do sol.
Para a cidade quente onde as ruas queimam meus pés deixando rastros do caminho que me levam de volta para casa.
Quero voltar para a cidade banhada,
onde o mar me embala e me chapa como no fim das festas que só acabam quando o dia nasce outra vez.
A cidade onde corre ruas que são como veias abertas em mim.
Jorrando histórias minhas do centro até a praia.
Eu quero voltar para a cidade berço dos medos que cultivo aqui, longe da cidade de onde vim.
Quero matar a vontade e saciar a saudade e outra vez dar adeus à cidade que não vai embora de mim.

 

Foto por: Myllena Cruz

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s