Como curar um coração partido.

coracaoOs meus olhos se enchem de lágrimas. Ele nunca mais me ligará. O telefone apita e apesar de todo o meu desespero, eu não o encontro. São as amigas, preocupadas. Não respondo. Não aguentaria. Limpo a maquiagem borrada e espero as horas restantes para um novo dia. Mais um dia para inexistir. Como também serão os seus seguintes. Então, o telefone apita. São as minhas mesmas meninas, preocupadas com esta amiga. Nós saímos para beber e eu choro. Digo que encontrarei outro homem naquela noite, mas minto para mim mesma. No fundo, apenas choro. Vejo uma semana escorrer pelos meus dedos. Pelas feridas deste coração partido. Mais um mês passa. Uma estação. Passam todas as estações necessárias. Depois, os apitos do celular já não me angustiam mais. As músicas não se transformam em lágrimas. O tempo volta a correr no seu gracioso ritmo. O sol toca o meu rosto em um domingo qualquer e eu percebo: ele nunca mais ligará. E os meus olhos se enchem de risos.

1 comentário

  1. Que delícia de texto! Quase tão bom quanto o alívio de olhar para trás e perceber que eles ficaram no passado. Foram lágrimas bem gastas: mal sabia eu que elas eram um prenúncio de um futuro melhor sem eles. 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s