quer saber, dane-se

bicicleta-horizonte-liberdade

 

Quer saber dane-se.

Foi assim que eu me libertei com essa pequena frase, esse rompimento. Nascer é romper com um mundo limitado e precisamos nascer várias vezes durante a nossa existência.

Me dei conta que a vida está passando(é clichê eu sei), mas é uma grande verdade, vejo minhas amigas encarceradas em uma vida absolutamente igual, programada, academia, trabalho, fotos “felizes” nas redes sociais, baladas que já não fazem sentido algum. Elas me procuram para falar do vazio que vem comendo seu peito, a fome de vida que essas coisas não saciam, eu já fui assim.

Dane-se o que os outros vão pensar, quero viver, quero ver o mundo, viajar, me conectar, reconhecer o valor do ser humano, quero novos olhos, porres e mais porres de arte, quero cometer erros e assinar embaixo, como quem pinta um quadro. Quero a liberdade ou algo maior do que isso (parafraseando Clarice).

Dane-se, eu não quero nada que absorva a minha vida, nada que sugue a minha existência, dinheiro, pessoas, status ou padrões. Dane-se todos, nada pode roubar a minha vida, eu quero doa-la por livre desejo, minha ambição é viver todo momento com alma até o meu corpo ser um lugar pequeno para morar.

Dane-se as convenções, os padrões e as proibições. Quero a espiritualidade de um bosque perdido. Um amor pacífico como um lago, quero visitar o mar, quero cães e gatos, quero olhar nos olhos do meu amor e sorrir com o corpo todo.

P.S Vamos dizer isso ao mundo.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s