Coisas sobre o amor

buffalo

 

Sempre fui aquele que faz pequenas apostas aleatórias comigo mesmo, do tipo: se eu ultrapassar aquele cara de laranja eu irei comer um pastel (faço isso desde criança), talvez seja uma maneira de culpar o destino, mas a culpa é minha, eu e o destino sabemos bem disso, “se eu olhar para trás e ela estiver me olhando”, sempre estamos atrás da felicidade, mas no meu caso quando a felicidade vem falar comigo eu fico feito um idiota que não sabe onde colocar as mãos e não consigo dizer nenhuma palavra, no amor sempre foi assim, estou tão acostumado com grandes e doloridas tempestades amorosas, onde geralmente eu não tenho teto e amo sozinho, que não sei me comportar com a brisa suave de ser amado, tenho tanto medo de ferir, tanto medo que a felicidade de outro alguém tenha a ver comigo, digo isso porque sei dos meus fracassos e perdoem a minha franqueza, às vezes não me sinto apto entende? O amor pra mim sempre me pareceu algo tão distante e tão para os outros, que eu realmente não sei mais como ele se parece, é como esquecer do rosto de um ente querido, logo eu que me gabava de esquecer o nome, mas nunca um rosto dói muito. Me perdoe, escrevo sobre o amor sabendo que a reciprocidade talvez seja uma loteria, sorte no amor, desci a rua pensando na canção “Damned “do White Buffalo sempre penso nela nesses momentos de confronto com a minha pequenez, talvez o meu destino seja ser o narrador e nunca o personagem principal, talvez serei aquele que sempre estará fora dos acontecimentos e se for assim (falo olhando para o destino) serei grato.

7 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s