Por quem procurou?

Feche os olhos.

Sente o vento que sussurra em segredo seu ouvido? É um sopro do meu amor, parte de mim que voou, desprendeu-se do resto para completar-te como ninguém mais completou.

Sente o perfume que envolve sua dor? É a essência do que sou, a mais pura forma do meu calor, quer curar-te de tudo aquilo que o passado arranhou, despedaçou e deixou.

Sente o gosto doce que na boca ficou? É o meu sabor, lutando para tirar o amargo do que não vingou, do que já esteve em seus lábios, mas não ficou.

Agora abra os olhos e me diga, sem pensar, por quem procurou? Pelo meu olhar ou por sua antiga dor?

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s