Quero envelhecer ao seu lado, não me desgastar.

envelhecerEu encaro os seus olhos.

Eles trazem o brilho da juventude.

Não quero apagá-los.

Não quero nos desgastar. Desejo somente envelhecer ao seu lado.

Um somente tão lindo. Tão leve. Eu quero construir com você os silêncios e os medos dos amores maduros. Não os egoísmos tolos. Quero segurar a sua mão quando perdermos os nossos pais. Os nossos irmãos. Quando voarem os nossos filhos. Ainda assim, sem nunca prendê-la.

Quero dançar lentamente com você na fila do supermercado. Os jovens nos acharão tão infantis, seguros da sua falsa sabedoria. Nós, já velhos, teremos a leveza do tempo ao nosso lado. Eu te segurarei mais uma vez em meus braços, inteiramente livres.

Guardarei com carinho o sabor das suas primeiras lágrimas. Das nossas primeiras brigas. Das lembranças daquela vida. Porém, eu nunca as sufocaria. Eu quero envelhecer ao seu lado. Quero te ver ser e crescer, sem nunca desgastarmos o nosso brilho. O nosso caos.

Eu quero te amar, até o cinza dia em que você me veja virar uma estrela. Por favor, segure os meus dedos com carinho. Eu terei medo. Eu terei frio.

Então, esperarei novamente pelo seu calor. Até o fim dos dias.

9 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s